NW3998 – Flâmula “Corveta Cananéia”

Fora de estoque

Descrição

O Navio Mineiro Cananéia – C 2, foi o terceiro navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem a cidade homônima do litoral de São Paulo. Foi construída no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, Ilha das Cobras, no Rio de Janeiro. Teve sua quilha batida em 6 de novembro de 1937, foi lançada ao mar em 22 de outubro de 1938 e foi incorporada em 16 de setembro de 1939. Naquela ocasião, assumiu o comando, o Capitão-de-Corveta Raul Reis Gonçalves de Sousa. O batimento de quilha o lançamento e a Mostra de Armamento das duas primeiras unidades da classe, a Carioca e a Cananéia, foram realizadas em cerimonias conjuntas. Em 1940 foi incorporada a Flotilha de Navios Mineiros com sede na Ilha de Mocanguê Grande, comandada pelo então Contra-Almirante Gustavo Goulart. Os Navio Mineiros da classe Carioca foram logo reclassificados como Corvetas, para serviço no 2ª Guerra Mundial. Sua tripulação era composta por 70 homens, sendo 5 oficiais e 65 praças. Seu Armamento era constituído de 1 canhão de 4 pol. (102 mm/28), 2 metralhadoras Oerlikon Mk 10 de 20 mm/70 em reparos singelos, 44 minas (Fonte: http://www.naval.com.br).

Estado de Conservação: 85%. Sem qualquer dano, com a corda de amarração, com etiqueta do fabricante no reverso: Camisaria Progresso.

EXCELENTE PARA A MONTAGEM DE UM DISPLAY DA MARINHA BRASILEIRA.

Dimensões: (17,4X63,3)cm

Agora você pode pagar parcelado no cartão de crédito!

pagamento com pagseguro