NW3839 – Badge de Ferido em Prata 1939 – “Gustav Brehmer”

Fora de estoque

Descrição

“Verwundeten Abzeichen in Silber”

O Badge de Ferido é uma Condecoração distinta, pois é a única em que é necessário ser, literalmente, merecida com sangue. A tradição alemã de presentear seus guerreiros feridos com badges começou no final da I Guerra Mundial. Continuando com o retorno da Legião Condor, as tropas alemãs que lutaram contra os comunistas na Guerra Civil Espanhola, quando o Badge de Ferido foi reinstituído e dado aos combatentes que haviam sido feridos. Quando a II Guerra Mundial começou, a versão final desta Condecoração começou a ser produzida e concedida, até os últimos dias do Reich. Somente mais uma variação foi produzida, o Badge de Ferido de 20 de Julho de 1944. A versão em preto era concedida para os que tivessem 1 ou 2 ferimentos, a versão em prata para 2 ou 3 ferimentos e a versão em ouro para mais de 4 ferimentos. Ferimentos mais graves podiam resultar em condecorações de nível mais elevado.

Estado de Conservação: 85%. Peça fabricada em tombak, com boa parte acabamento prata intacto. Desgaste acentuado nas laterais e no topo da suástica, o que indica desgaste por atrito em uso, ou seja, é uma peça extremamente combativa, que viu muita coisa de perto. Sem marcação de fabricante. Devido o seu hardware do reverso, e principalmente, o pino curto, pode ser identificado como sendo um badge do fabricante Gustav Brehmer de Markneukirchen/Sa. Devido a inexistencia desta marcação é possível situar sua fabricação entre 1939 e 1941, sendo uma da primeiras a serem fabricadas. Devidamente autenticado no fórum internacional WAF e o fabricante lá identificado.

Dimensões: (36,48×43,98)mm. Peso 26,0gr