NW3625 – Foto Autografada do Hauptmann Helmut Bennemann, Piloto ME-109

Fora de estoque

Descrição

Helmut Bennemann nasceu em 16 de março de 1915 em Wanne-Eickel, Alemanha, e ingressou na Luftwaffe quando da recriação desta força, em 1935. Em junho de 1940, enquanto Leutnant, ele estava servindo como Adjutant do I./JG 52 (Gruppe I da Jagdgeschwader 52), sendo promovido a Oberleutnant e transferido para o 2./JG 52 (2º Staffel da Jagdgeschwader 52) quando alcançou sua primeira vitória no auge da Batalha da Inglaterra, em 26.08.1940, ao derrubar um Supermarine Spitfire próximo a Dover. Sua habilidade como piloto de caça se tornou evidente quando, em 15.09.1940, Bennemann derrubou três caças Hurricane em combate sobre o canal da Mancha (suas 6ª a 8ª vitórias), feito pelo qual recebeu, em 05.10.1940, o Ehrenpokal der Luftwaffe. Em 27.04.1941 Bennemann foi nomeado Staffelkapitän do 3./JG 52 e, quando sua unidade foi transferida para a Frente Oriental, em setembro de 1941, ele já somava 12 vitórias confirmadas. Diante dos soviéticos, o número de abates cresceu vigorosamente, promovido a Hauptmann Bennemann foi condecorado com a Cruz Germânica em Ouro em 13.06.1942 e, no dia seguinte, designado para assumir a função de Gruppenkommandeur do I./JG 52. Em 02.09.1942 ele atingiu a marca de 50 vitórias confirmadas e, por fim, em 02.10.1942, o Hauptmann Helmut Bennemann foi condecorado  com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro, enquanto totalizava 52 vitórias. Em 28.12.1942 ele derrubaria nada menos que seis aviões inimigos, elevando sua marca pessoal para 72 vitórias confirmadas. Entretanto, em 10.05.1943, Bennemann foi gravemente ferido em uma explosão de bomba incendiária, o que o deixou em recuperação (e fora de combate) por vários meses.  À essa altura, 88 aviões inimigos haviam tombado diante de suas armas. Promovido a Major, Bennemann retornaria ao serviço ativo em 09.11.1943, ao ser nomeado Geschwaderkommodore da JG 53, sucedendo o Oberst Günther Freiherr von Maltzahn, atuando no teatro de operações do Mediterrâneo. Em 25.04.1944 ele obteve sua 90ª vitória, ao abater um bombardeiro quadrimotor B-24 Liberator sobre Bolonha (Itália), mas seu Bf109G-6 (W.Nr. 163 314) foi atingido pelo fogo defensivo, forçando Bennemann a saltar, ferido, de seu avião. Em junho de 1944 Bennemann comandou o Geschwaderstab da JG 53 em um breve retorno à frente oriental, atuando diretamente em missões de apoio às forças alemãs que estavam resistindo ao avanço russo na cidade de Vilna. Retornando à Alemanha em 22.07.1944, Bennemann passou a liderar o JG 53 na Defesa do Reich, inicialmente a partir de bases na França e, depois, na Alemanha. Suas três últimas vitórias foram alcançadas em outubro de 1944 e, nos meses finais do conflito, Bennemann esteve envolvido, juntamente com Adolf Galland, Johannes Steinhoff, Günther Lutzow e outros, na rebelião contra os desmandos de Hermann Göring à frente da Luftwaffe. Ao fim da guerra, o Oberstleutnant Helmut Bennemann havia executado mais de 400 missões de combate, ao longo das quais alcançou 93 vitórias confirmadas (16 na frente ocidental e 77 na frente oriental – incluindo 10 Ilyushin IL-2). No pós-guerra, Bennemann cursou a faculdade de odontologia e exerceu sua profissão pelo resto da vida, não retornando à vida militar. O Dr. med. dent. Helmut Bennemann faleceu de causas naturais em 17 de novembro de 2007, aos 92 anos de idade, em Bad Sassendorf, Alemanha. (Fonte: www.luftwaffe39-45.com.br). Foi condecorado com: Cruz de Cavaleiro, Cruz Germanica, Cruz de Ferro de 1ª Classe, Cruz de Ferro de 2ª Classe, Ehrenpokal der Luftwaffe e Badge de Piloto.

Copia moderna de uma foto original de época com o autografo original de punho do veterano. Autografo em caneta de tinta prateada. Acompanha folha de papel com a pesquisa sobre o piloto feito pelo antigo proprietário, incluindo todos as vitórias, com datas, locais e tipo de aeronaves abatida, entre as quais, vários Spitfires.

Dimensões (9,1×14,9)cm

 

Observação: Pode ser enviado por carta registrada R$10