NW2859 – Patch Americano da 63ª Divisão de Infantaria

R$ 30,00

“63th Infantry Division – The Blood and Fire Division”

Apenas 1 em estoque

Descrição

A 63. Divisão de Infantaria foi criada em 15 de Junho de 1943 em Camp Blanding na Flórida. Logo após sua criação, a Divisão foi transferida para Camp Van Dorn no Mississippi para se preparar para o embarque para a Europa. Em 3 ocasiões durante os 17 meses seguintes, a Divisão treinou recrutas somente para suprir homens para outra Divisões que já se encontravam no teatro de operações. Os primeiros elementos da Divisão chegaram à Europa em Dezembro de 1944, juntando-se com o restante da Divisão em Janeiro de 1945. A Divisão foi formada a partir de 3 Regimentos da Guarda Nacional de Infantaria: o 253. Regimento de Infantaria, o 254. Regimento de Infantaria e o 255. Regimento de Infantaria. A Artilharia Divisional era provida pelo 718., 861., 862. e 863. Batalhões de Artilharia de Campo. Outras unidades que pertenciam à Divisão eram: 263. Batalhão de Engenharia e o 363º Batalhão Médico. Três Regimentos da 63. Divisão de Infantaria chegaram em Marselha na França em 8 de Dezembro de 1944. Treinaram em Haguenau e sob a designação “Força Tarefa Harris”, protegeu o flanco leste do 7. Exército no rio Reno. A Força Tarefa combateu defensivamente de 22 a 31 de Dezembro de 1944. O restante da Divisão chegou em Marselha em 14 de Janeiro de 1945, movendo-se para Willerwald em 2 de Fevereiro, onde permaneceu até 6 de Fevereiro. Em 7 de Fevereiro, a 63. Divisão conduziu patrulhas e ataques atravessando o rio Sare (Saar River) em 17 de Fevereiro, varrendo o inimigo em Muhlen Woods. Depois de combates em Güdingen no começo de Março, a Divisão atravessou a Linha Siegfried em 15 de Março em Saarbrucken na Alemanha, tomando Ormesheim e finalmente abrindo uma brecha na linha em Sankt Ingbert e Hassel em 20 de Março. Combates duros se seguiram, mas a Linha Siegfried tentava ser defendida. Este foi um momento significativo na história da 63. Divisão. Depois de descansar em 23 de Março, a 63. tomou Spiesen-Elversberg, Neunkirchen e Erbach. De lá até o final da Guerra, a 63. Divisão trinchou um patch de “Sangue e Fogo” do Sarreguemines através da Alemanha. Em 28 de março a Divisão atravessou o Reno em Neuschloss, movendo-se para Viemheim e capturou Heidelberg no dia 30. Continuou avançando, atravessando o rio Neckar perto de Mosbach e o rio Jagst. Teve pesada resistência freiando o ataque em Adelsheim, Mockmuhl e Bad Wimpfen. A Divisão desviou para o sudeste, capturando Lampoldshausen e liberando as florestas Hardthauser em 7 de abril. Uma cabeça de ponte assegurou a travessia do rio Kocher perto de Weissbach em 8 de abril e Schwabisch Hall caiu em 17 de abril. Elementos avançados cruzaram o rio Rems e alcançaram o Danúbio. Este rio foi cruzado em 25 de abril e Leipheim caiu depois da Divisão se reagrupar na linha em 28 de abril e assegurar a segurança da travessia do Reno em Darmstadt e Wursburg na linha para Stuttgart e Speyer. A Unidade retornou aos EUA em Setembro de 1945, sendo desativada em 27 de Setembro de 1945. Permaneceu 119 dias em combate, ao custo de 8.019 baixas, tendo feito 21.542 prisioneiros. A Divisão contou com as seguintes condecorações por combate: 6 Citações Presidenciais; 3 Comendas de Mérito; 2 Medalhas de Honra (a primeira para o Tenente James E. Robinson Jr. e para o Sargento John R. Crews); 5 Cruzes de Distinção em Serviço; 1 Medalha de Distinção de Serviço; 435 Silver Stars; 6 Legiões de Mérito; 13 Medalhas de Soldados; 4.068 Bronze Stars; 61 Medalhas Aéreas. Seus comandantes foram: General de Brigada / Major General Louis E. Hibbs (Junho 1943 – Julho 1945) e General de Brigada Frederick M. Harris (Agosto de 1945 – 27 Setembro de 1945).

Estado de Conservação: 95% – NEAR MINT!!!! Patch original da II Guerra, removido de uniforme, é possível ver claramente a linha de costura. Dimensões: (5,8×9,1)cm. Peso 4,6gr