NW1916 – Águia Silesiana de 1ª Classe

“Schlesisches Bewährungsabzeichen 1ª Klasse”

Fora de estoque

Descrição

A Águia Silesiana é a mais representativa condecoração ligada ao turbulento período vivido na Alemanha nos anos imediatamente posteriores a I Guerra Mundial, quando a Alemanha lutava simultaneamente contra as forças comunistas que tentavam tomar o poder no país e contra as milícias e organizações paramilitares polonesas que buscavam anexar as regiões da Silésia e Pomerânia, no vácuo deixado pelo Armistício. Para enfrentar essas ameaças, o ainda débil governo republicano de Weimar não podia contar apenas com o diminuto exército autorizado pelos aliados e recorreu a formações paramilitares compostas por veteranos que retornavam da frente de batalha: eram os chamados “Freikorps”, os corpos de voluntários. O tamanho destas unidades variava muito, indo desde batalhões até divisões completas. E foram esses grupos os principais responsáveis por manter a integridade do governo e do país no período entre 1919 e 1923. Como possuíam uma grande autonomia, várias destas unidades acabaram criando condecorações e insígnias próprias, algumas das quais, mais tarde, acabaram reconhecidas como medalhas oficiais. Uma destas foi a Águia Silesiana. Trata-se de uma condecoração instituída em 16.06.1919 pelo comandante do IV Armeekorps, Generalleutnant v. Friedeburg e concedida aos membros dos Freikorps que lutaram contra as forças polonesas que tentaram repetidamente entre 1918 e 1919 anexar essa região da Alemanha ao território do recém-criado Estado Polonês. Após o malfadado 3º Levante Polonês de 1921, a condecoração voltou a ser conferida.  Era dividida em: 2ª Classe (entregue para três meses de serviço na Silésia) a qual era suspensa por uma fita e a de 1ª Classe (entregue após seis meses de serviço), que era fixada ao lado esquerdo do uniforme através de um pino na parte de trás. O recipiente tinha que custear o preço da condecoração, razão pela qual sua outorga perdurou por vários anos após o fim das hostilidades na região. Seu desenho é composto por uma águia negra, com as asas semi-recolhidas, olhando por sobre seu ombro esquerdo. Na altura de seu peito está uma lua crescente prateada com uma cruz (referência aos Cavaleiros Teutônicos) e, abaixo de suas garras, uma faixa onde se lê “FÜR SCHLESIEN” (“Pela Silésia”). Os detalhes de construção e qualidade variam muito, com o surgimento de variações com espadas e folhas de carvalho, sem maiores mudanças no critério de concessão.  Após a ascensão dos nazistas ao poder, em 1933, a Águia Silesiana foi reconhecida como uma condecoração do Estado, podendo ser utilizada ao lado de outras condecorações oficiais. Seu status permaneceu inalterado após a II Guerra Mundial e a medalha continuou a ser autorizada para uso pela República Federal Alemã.

Estado de Conservação: 85%. Fabricada em metal não magnético e esmaltado na cor prateada e preto. Condecoração MUI ESCASSA!!! Dimensões: Medalha (32,11×42,43)mm. Peso da condecoração 14,8gr