NW1885 – Patch Americano da 29ª Divisão de Infantaria

“29th Infantry Division – The Blue And Gray Division”

Fora de estoque

Descrição

 

 

A 29. Divisão foi reativada em 3 de Fevereiro de 1941 e enviada ao Reino Unido em 5 de Outubro de 1942, onde continuou o seu treinamento na Escócia e Inglaterra de Outubro de 1942 a Junho de 1944, se preparando para a invasão da França. A Divisão foi a primeira Divisão da Guarda Nacional a ser postada na Inglaterra e lá ficaria por longo tempo, recebendo o apelido de “Condição Englaterra”. Finalmente, se prepararam para receber seu batismo de fogo na invasão da Europa. E este foi um formidável desafio. O homen que tinha sido designado para a defesa contra a invasão, não era ninguém senão o maior General alemão, Marechal de Campo Erwin Rommel. Ele ordenou vigorosamente a construção de obstáculos e defesas nas praias. A Normandia possuía centenas de “hedgehogs”, que eram obstáculos anti-tanques de aço colocadas nas linhas de praia onde ficavam a mostra na maré vasante e submersas na maré alta, como se fossem minas. Nas linhas de praia mais profundas assentou estacas com toras de madeiras e rampas, que impediam a aproximação de embarcações de desembarque. Próximo a costa, cobrindo todas as obstruções da praia, havia o Widerstandnest (“ninhos de resistência”) e stutzpunkt (“pontos fortes”), capazes de castigar os campos com fogo de metralhadora em todos os pontos das praias. Unidades de artilharia no interior também eram usados para atacar as praias. Rommel também tinha uma nova Divisão de tropas para se opor aos desembarques, a 352. Divisão de Infantaria, que contava com veteranos vindos do front russo. Junto com a 1. Divisão de Infantaria, o 116. Regimento de Infantaria da 29. Divisão tomou parte na primeira onda de assalto da Praia de Omaha na Normandia às 6:13am, no dia D, 6 de Junho de 1944. O mar estava agitado, com muitas ondas que batiam nos transportes e dunas com muitas variações de altura. Somente uma das companhias do 116. que desembarcaram chegou em local plano, a Companhia A, desembarcada no lado oposto a Vierville. Quando as rampas de desembarque desceram de 4 LCVPs, as metralhadoras alemãs MG42 cortaram os americanos antes que pudessem desembarcar. Estima-se que 2/3 da Companhia A tenha sido morta pelo fogo inimigo ou por afogamento na primeira meia hora. A Companhia F também desembarcou na posição correta, mas teve mais sorte, pois desembarcou atrás de uma nuvem de fumaça acidental causada por fogo. Outras companhias viram a praia de desembarque em uma grande confusão. Elas sofreram menos baixas que as Companhias A e F, mas se viram no meio de uma grande batalha. Estas companhias flanquearam as posições alemãs e romperam as linhas de defesa. O restante da Divisão desembarcou na Praia de Omaha no mesmo dia em face a um intenso fogo inimigo, mas garantiu a posição em 9 de Junho. A Divisão seguiu através do Rio Elle e avançou lentamente para St. Lo, combatendo na cabeça de ponte. Os americanos tinham se hospedado na França. Depois de tomar St. Lo em 18 de Julho, a Divisão tomou parte na batalha por Vire, capturando a fortemente cercada cidade em 7 de Agosto. De volta para o Oeste, a 29. tomou parte no assalto a Brest de 25 de Agosto a 18 de Setembro. Após breve descanso, a Divisão se moveu para posições defensivas na Linha Teveren-Geilenkirchen na Alemanha e manteve posições no mês de Outubro. No meio de Outubro, o 116. Regimento tomou parte em combates em Aachen Gap. Em 16 de Novembro a Divisão começou a se dirigir ao Ruhr, dinamitando o caminho através de Siersdorf, Setterich, Duerboslar e Bettendorf, alcançando o Ruhr no final do mês. Em 8 de Dezembro, pesados combates em Sportplatz e Hasenfeld Gut. De 8 de Dezembro a 23 de Fevereiro de 1945, a Divisão manteve posições defensivas ao longo do Ruhr, se preparando para a ofensiva. O ataque através do Ruhr se deu em 23 de Fevereiro e levou a Divisão através de Juelich, Broich, Immerath e Titz para Mönchengladbach em 1 de Março. A Divisão foi posta fora de combate em Março, no entanto, no começo de Abril, a 116º Regimento ajudou a limpar a área do Ruhr e em 19 de Abril a Divisão seguiu para o Rio Elba, tomando posições defensivas até 4 de Maio. O 175. Regimento de Infantaria limpou a Floresta Kloetze. Depois do Dia da Vitória, a Divisão foi para o enclave de Bremen como força militar governamental. A 29. Divisão de Infantaria permaneceu em combate por 242 dias, durante as Campanhas na Normandia, Norte da França, Reno e Europa Central, recebendo 4 Citações de Distinção no processo. Dois soldados foram condecorados com a Medal of Honor. Foram concedidos a membros da Divisão: 44 Cruzes de Distinção de Serviço, 852 Silver Stars, 17 Legiões de Mérito, 24 Medalhas do Soldado e 6.308 Bronze Stars. A 29. teve 20.111 mortos e feridos em batalha e 8.665 baixas fora de combate.

 

Patch original da II Guerra. Não utilizado. Estupidamente difícil de ser encontrado, por ter sido uma das Divisões do dia D. Estado de Conservação: 95% – NEAR MINT!!!! Diâmetro 6,0cm. Peso 3,2gr

Informação adicional

Peso 1000 kg
Dimensões 50 × 50 × 50 cm