NW1259 – Badge Schlageter de Combatente (2º Modelo) e Barra Rhein/Ruhr 1923/24

“Schlageterschild Kämpfer”

Fora de estoque

Descrição

Trata-se de uma condecoração comemorativa, instituída em 26.05.1933 pela Schlageter-Gedächtnis-Bund e.V. (Sociedade em Memória de Schlageter), para relembrar o 10º aniversário da execução do combatente Freikorp, Albert Leo Schlageter, enforcado pelos franceses, durante a ocupação do Ruhr. Veterano da I Guerra Mundial, tendo chegado ao final do conflito com a patente de Oberleutnant e condecorado com as Cruzes de Ferro de 2ª e 1ª classes, Albert Schlageter (1894-1923) combateu contra os comunistas como parte da Marine Brigade von Loewenfeld, participou da tentativa de golpe denominada Kapp Putsch (1920) e, depois, combateu contra os poloneses na batalha de Annaberg em 1921. Durante a ocupação do vale do Ruhr por tropas francesas (como meio de pressionar a Alemanha a retomar as indenizações estabelecidas no Tratado de Versalhes), Schlageter atuou, enquanto membro do Stoßtrupp Essen, como sabotador das linhas férreas usadas pelos franceses. Delatado, ele foi julgado por uma corte militar e condenado à morte. Schlageter foi executado por um pelotão de fuzilamento francês em 26.05.1923 e tornou-se, imediatamente, um mártir para os partidos de direita – entre eles o NSDAP de Adolf Hitler. Seu delator seria pouco depois assassinado por Rudolf Höss (futuro comandante do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau) e Martin Borman (futuro secretário do NSDAP). Esta condecoração era entregue para todos aqueles que participaram, de algum modo da resistência (armada ou não) às forças de ocupação aliadas, aos comunistas e aos nacionalistas poloneses, que atentaram contra a Alemanha nos turbulentos anos do pós-I Guerra Mundial. Era fixada diretamente no uniforme, tal como a Cruz de Ferro de 1ª Classe, e, ao longo de sua breve existência, foi produzida em três formatos distintos: na forma de escudo (1º modelo), oval (2º modelo) e circular (3º modelo). A versão para combatente tinha, na sua parte inferior, um par de espadas sobrepostas (ausentes na versão de não combatentes). O grande diferencial nesta condecoração era que, na sua parte frontal, ladeando a cruz central, era possível fixar-se barras mencionando as campanhas das quais o agraciado tinha tomado parte. Existia um total de 11 barras de campanha: BALTIKUM 1919/20, BALTIKUM 1919/23, SPARTAKUS 1919/23, KÄRNTEN 1919,GRENZSCHUTZ 1919/20, GRENZSCHUTZ 1919/23, O./SCHLESIEN 1921, O./SCHLESIEN 1922, RHEIN/RUHR 1919/23, RHEIN/RUHR 1923/24 e N.S.D.A.P. 1922/23.

Estado de Conservação: 85%. A condecoração é fabricada em buntmetall, com linda pátina sobre a superfície. Barra fixada “Rhein/Ruhr 1923/24”. Marcado no reverso “Paul Küst Abzeichen Ordenfabrik” Berlin S. W. 19, nome e endereço do fabricante, e “Ges. Gesch. 101”, Protegido por Lei e o número da Lei. Condecoração bem escassa. Este modelo é bem maior e mais pesado que o 3º modelo.

Dimensões: Medalha (48,45×59,84)mm. Peso da medalha e fita 42,0gr

Informação adicional

Peso 1000 kg
Dimensões 50 × 50 × 50 cm