NW1252 – Plaqueta de Identificação de Soldado de Infantaria Panzer

“”Erkennungsmarken für 1.Schtz./Jnf.Ers.Btl.10””

Fora de estoque

Descrição

Estado de Conservação: 80%. Plaqueta de Identificação (Dogtag) em alumínio muito bem conservado. Marcado: 1.Schtz./Jnf.Ers.Btl.10 (3. Schützen Ersatz Bataillon 10), 10º Batalhão da 1ª Companhia Reserva de Infantaria Panzer.

Os Schützen Regimenter era a Infataria das Divisões Panzer, atuavam como tropas de infantaria normais que protegiam os veículos de combate blindados. Em 5 de Julho de 1942 estas tropas passaram a ser Panzer-Grenadier-Regimenter. As Schützen-Ersatz-Abteilungen passaram a ser em 22 de Agosto de 1942, Panzergrenadier-Ersatz-Kompanien, -Bataillonen.

O 10º Batalhão foi mobilizado em St Pölten em 26 de Agosto de 1939, fazendo parte do Wehrkreiss XVII. Posteriormente passou a ser a reserva da 9ª Divisão Panzer. A Divisão combateu em 1940 durante a Batalha da França, fazendo ligação com os Fallschirmjäger que atacaram Rotterdam na Batalha da Holanda. Também participou da Campanha dos Bálcãs no inverso de 1941, tomando parte da Operação Barbarossa no começo do verão. Duranta a Batalha de Kursk a 9. Divisão Panzer esteve submetida ao 9º Exército e combateu como parte do 47º Corpo Panzer. Após pesadas perdas no avanço de apenas 15km, teve que abandonar a linha de frente. Após Kursk combateu nos Grupos de Exército Sul e do Centro até o inverno de 1944, quando foi deslocada para a França para se re-equipar após as grandes perdas. Combateu na Batalha da Normandia e no Bolsão de Falaise. Defendeu a Muralha do Oeste e participou da Batalha do Bulge. Foi certada no Bolsão do Ruhr, quando se rendeu aos americanos em Abril de 1945.

O Dogtag também apresenta a marcação 209. O número 209 é o Stammrollennummer (número do soltado neste Batalhão).

Dimensões (50,24×69,90)mm. Peso: 7,4gr

Informação adicional

Peso 1000 kg
Dimensões 50 × 50 × 50 cm