NW1130 – Cruz de Honra da Guerra por Ato Heróico de 1914 de Lippe-Dettmond

“”Lippe-Dettmond Kriegsehrenkreuz für Heldenmütige Tat 1914””

Fora de estoque

Descrição

Detmold é uma pequena cidade localizada ao norte da Westphalia que, entre os anos de 1468 e 1918, foi a capital do principado de Lippe. Os primeiros documentos que fazem referência a localidade, datam de 783 ao citarem os nomes Theotmalli, Tietmelli ou Theotmalli. Em 1263, o príncipe Bernard III de Lippe, fortificou o burgo de Detmold, estabelecendo também uma importante rota de comércio entre Paderborn e Lemgo. A localização privilegiada da cidade possibilitou o surgimento de um mercado próspero e que se desenvolveu ao longo da Baixa Idade Média. Tendo sofrido com poucos conflitos armados (o maior deles foi com a cidade-livre de Soest em 1447), Detmold tornou-se o centro administrativo do principado de Lippe em 1468, sendo eleita a residência da corte real em 1550, através de decreto do Conde Simon III. Essa posição foi ocupada até 1918, quando Lippe passou a ser um Estado-Livre. Em 08.12.1914 seu governante, Príncipe Leopold IV, criou esta condecoração simultaneamente à Cruz de Mérito de Guerra (Kriegsverdienstkreuz) – embora sejam condecorações completamente distintas. A Cruz de Honra encontrava-se hierarquicamente em um patamar mais elevado, destinando-se a reconhecer atos individuais de extrema bravura e alto risco de morte, praticados durante a Guerra de 1914-1918. Eram elegíveis para receber a condecoração oficiais, graduados e soldados do III Batalhão do 55º Regimento de Infantaria (constituído por cidadãos oriundos do principado), bem como qualquer outro indivíduo nascido em Lippe-Detmold que estivesse servindo em outras unidades do Exército Imperial alemão. Para aprovação da condecoração, as recomendações, acompanhadas de uma descrição exata do ato heróico, deveriam ser submetidas para o Gabinete Militar de Lippe. Interessante notar que não era requisito o candidato já ter recebido preliminarmente a Cruz de Ferro em qualquer de suas classes. O único fabricante destas medalhas foi C.F. Zimmermann de Pforzheim. A Zimmermann também produziu alguns exemplares de prata dourada com sistema de presilha por rosca. A Cruz de Honra por Ato Heróico permaneceu uma condecoração extremamente prestigiosa até o fim da guerra. Antes de sua concessão se encerrar em definitivo, em 1921, apenas 740 medalhas haviam sido concedidas. Isto a torna uma das medalhas de bravura mais escassas concedidas no exército alemão durante a I Guerra Mundial.

Estado de Conservação: 100% – MINT CONDITION!!! Fabricada em Buntmetall, com acabamento dourado intacto, braços levemente curvados para trás. Sistema de presilha, pino e dobradiça intacto e plenamente funcional. Existem algumas versões desta condecoração, onde há diferença mais significativa e importante é o sistema de pino, dobradiça e presilha. Algumas destas condecorações foram feitas após a década de 30 ou mesmo falsificações, onde são encontrados hardwares na forma de alfinete e não pino. Demoramos muitos anos para encontrar a condecoração com o sistema mais aceito entre os colecionadores. Devidamente avaliado no fórum internacional WAF e apontado como o modelo mais aceito dentre todos. CONDECORAÇÃO DE EXTREMA BRAVURA E ESTUPIDAMENTE ESCASSA!!!!

Dimensões (45,81×45,91)mm. Peso 19,9gr

Informação adicional

Peso 1000 kg
Dimensões 50 × 50 × 50 cm