Schmidt Antiguidades Militares

ATENÇÃO!

Esse site é destinado à comercialização de militaria como meio de incentivo ao estudo e preservação de itens históricos, sem qualquer conotação ideológica ou partidária. Alertamos que alguns dos itens disponíveis nesse site podem ostentar a suástica ou outros símbolos de natureza ostensiva, de modo que, caso você se sinta ofendido, recomendamos que não acesse o seu conteúdo.

Feito esse alerta, declaramos expressamente que repudiamos todas as ideologias de natureza totalitária, racista, discriminatória ou antidemocráticas, bem como manifestamos nossa repulsa ao uso de símbolos, condutas de outras épocas para propósitos criminosos, de modo que qualquer infração nesse sentido que seja de nosso conhecimento será imediatamente denunciada à Justiça Brasileira.


» ACEITO ESSES TERMOS E QUERO PROSSEGUIR

» NÃO ACEITO ESSES TERMOS E QUERO SAIR DO SITE

Colecionando Antiguidades Militares

Colecionando Antiguidades Militares

Colecionar Antiguidades não é apenas ter a posse de um determinado objeto físico. Ter a posse de uma Antiguidade é antes de tudo se comprometer com a preservação de uma pedaço da História da Humanidade.

As peças devem ser tratadas com respeito e o dono é responsável por sua segurança e deve ser comprometido com a sua preservação.
Além do aspecto de preservação da História, uma coleção de Antiguidades Militares também é um investimento, que dependendo do item pode apresentar significativa valorização no médio prazo.

Algumas Antiguidades são verdadeiros trabalhos de artesãos dada a riqueza de detalhes e o trabalho e técnica usados para criar a peça. Algumas medalhas podem ser consideradas jóias.

Seguem abaixo algumas dicas:

JAMAIS FAÇA ALGO SEM SABER O RESULTADO – É muito comum um leigo ou um colecionador sem experiência querer melhorar uma peça ou melhorar o aspecto da mesma usando algum subterfúgio. Jamais faça algo sem saber com 100% de certeza o resultado final e como isso é encarrado no meio do colecionismo. Uma ação errada para resultar na destruição da peça ou alterar suas características de forma irreversível. Exemplos clássicos de destruição de peças: uso de palha de aço para retirar ferrugem de uma peça; uso de ceras inadequadas para polimento de uma peça; re-oxidar uma peça; substituir uma peça por outra. Antiguidades são peças com muitos anos de existência, não adianta querer melhorar ou alterar a ação do tempo. O valor da peça é no estado em que ela se encontra. O melhor é deixar ela como está e não tentar melhorá-la.

CUIDE DA GUARDA DE SUAS PEÇAS – É necessário tomar cuidado com a forma com que as peças são guardadas. Preferencialmente devem ficar em locais abrigadas dos raios solares e de umidade. Para evitar que pessoas não autorizadas toquem nas peças, o melhor é armazená-las em locais com chave. É como ao mostrar para uma pessoa, que ela tente manusear a peça. O toque constante de dedos no metal ou pintura pode resultar em danos às peças, assim o ideal é evitar o contado direto.

JAMAIS COMPRE UMA HISTÓRIA – O que não falta são histórias ligadas a uma peça. É só abrir o EBAY e ver a quantidade de peças vindas de Stalingrado. Com a quantidade de peças que dizem vir de Stalingrado, deveria terma bem mais do que o 6º Exército naquela área. Não dá para afirmar qual a história que está por trás de uma peça. A peça não vem com um certificado histórico informando de onde ela veio e onde ela esteve. Isso não agrega o menor valor à peça. Cabe ao colecionador acreditar ou não na história e no máximo contar para mais alguém como forma de diversão. Infelizmente é assim que funciona o mercado.

AVALIE CORRETAMENTE SUAS ESCOLHAS – Uma boa peça e com bom estado de conservação todo mundo quer. Uma peça barata e pobre, é jogar dinheiro fora, pois ninguém quer. Lembre-se coleção também é investimento, invista em coisas boas.

INFORME-SE DE QUEM E DO QUE VOCÊ ESTÁ COMPRANDO – O que não falta neste meio são picaretas querendo empurrar peças ruins a preço de ouro. Não compre gato por lebre, pesquise antes de comprar.

SEJA JUSTO NOS NEGÓCIOS – Um bom negócio tem que ser bom para ambas as partes. O que não falta é gente afirmando que o que ele tem é o melhor do mundo e por isso é mais caro. O que é justo é o preço do mercado. Para mais caro por uma peça acima da média é algo que quem compra tem que avaliar se é o que quer.

DEFINA SUAS PRIORIDADES, SEJA UM COLECIONADOR, NÃO UM AJUNTADOR – Existe uma grande diferença entre um Colecionador e um Ajuntador. O Ajuntador é o que sai comprando tudo de tudo sem saber o por que. Defina o tipo de coleção que você quer e trace suas metas. É mais saudável e mais gostoso, pois você irá pesquisar e se especializar em um determinado segmento. A coleção deve ter lógica, seqüência e critérios de qualidade.

CONHEÇA NOVOS COLECIONADORES E TROQUE EXPERIÊNCIAS – É muito importante para qualquer colecionador abrir novos horizontes e conhecer novos colegas. As experiências são importantes para o crescimento de todos.

REGISTRE O DESENVOLVIMENTO DA SUA COLEÇÃO – Crie um registro anotando as características da peça, a data de aquisição, o valor pago, a cotação do dólar ou euro naquele momento. Lembre-se que quem rege o preço das peças é o mercado internacional. Este registro é algo extremamente prazeroso, pois lhe permite analisar com cuidado e pesquisar detalhes sobre uma peça.

NÃO SEJA AFOBADO – Certa vez um colecionador mais antigo me disse: “Se uma peça tem que ser sua, ela será”. Não adianta ser afobado, tem que ter paciência da peça certa, do jeito que você quer aparecer. Quem é afobado paga mais caro ou compra gato por lebre. Este é um tipo de coleção para ser desenvolvido ao longo dos anos. Antiguidade não aparece a hora que você quer, tem que esperar a oportunidade certa. Certas peças demorei mais de 5 anos para ter. Esperei 2 anos para ter um badge do jeito que eu queria.

O QUE É UMA BOA COLEÇÃO? – O nível de uma coleção não se mede pelo número de peças. Uma boa coleção é avaliada pela qualidade das peças e pela raridade das mesmas. Uma excelente coleção pode ter apenas 3 peças, desde que observados estes outros aspectos. Pense na montagem de displays dentro de um critério. É legal procurar fotos ou acessórios para compor um tema junto com outras peças como condecorações.

NÃO É NECESSÁRIO MUITO DINHEIRO – Qualquer um pode colecionar Antiguidades Militares. Há peças para todo o bolso. É apenas questão de definir prioridades ou juntar dinheiro por um tempo para comprar uma peça mais cara.