NW2604 – Faca de Combate KA-BAR

R$ 660,00

Apenas 1 em estoque

Descrição

A Ka-bar é o nome de uma faca, famosa por ter sido usada pelo Corpo de Fuzileiros Navais e Marinha dos Estados Unidos da America durante a 2ª Guerra Mundial. Em 1942, com o envolvimento dos Estados Unidos na 2ª Guerra Mundial, e com a crescente procura de material militar adequado para uso de guerra, a empresa Union Cutlery Company propôs uma faca de combate de nome Ka-Bar ao Corpo de Fuzileiros Navais; a faca foi aceita e redesenhada juntamente com o corpo de fuzileiros de maneira a estar à altura das exigências e necessidades dos combatentes. Desde este momento a faca Ka-Bar passou a ser de uso comum no corpo de fuzileiros navais, mas também no Exército, Marinha e Guarda Costeira dos Estados Unidos, tendo a produção atingido mais de 1 milhão de unidades. A Ka-bar depressa se tornou num utensilio essencial de uso diário e até de grande valor sentimental para muitos dos combatentes, porque devido à sua versatilidade servia para todo tipo de tarefas, desde abrir latas, escavar trincheiras, construir abrigos, pregar, cortar, serrar, e uso em combate. Devido à sua qualidade, eficiência e aceitação por parte das tropas americanas, a Ka-bar tornou-se tão popular que pouco tempo depois a empresa decidiu mudar o seu próprio nome para “Ka-Bar Cutlery, Inc”. No entanto, com o fim da 2ª Guerra Mundial a empresa deparou-se com grandes dificuldades financeiras e acabou mesmo por falir, tendo assim terminado a produção da Ka-bar. Há várias versões quanto à origem do nome Ka-Bar, no entanto, de acordo com a própria empresa há uma história que é referida como a mais plausível. Certo dia receberam uma carta de um caçador de ursos a agradecer uma das facas produzidas pela empresa, nessa carta ele referia que em plena caçada, e já depois de ter ferido um urso, a sua arma encravou e ele teve de matar o animal apenas com a sua faca. No seu inglês desajeitado escreveu “k a bar” em abreviação de “killed a bear”, que em português seria traduzido como, “matei um urso”. Em honra do testemunho entusiástico desse cliente essa faca passou a chamar-se de Ka-bar. Mais tarde ficaria mais conhecida como Ka-bar U.S.M.C., sendo estas as iniciais de “United States Marine Corps”, que em português se traduz como Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA. A lâmina é em aço de carbono 1095, o que a torna bastante resistente e afiada, possuindo um revestimento protetor que funciona como antiferrugem e anti-reflexo. O cabo é em couro para melhor aderência e durabilidade. A faca mede aproximadamente 30cm, 18cm de lâmina, 3cm de largura, 4mm de espessura, e 12cm de cabo. Durante a Guerra, outras empresas, como a notória Camillus também produziu a Ka-Bar. A Ka-Bar é tida como a mãe de todas as facas de combate Mark 2.

Estado de Conservação 75%. A lâmina com pitins e oxidação. Empunhadura em discos de couro em perfeito estado de conservação. O pomo está firme e intacto, fabricado em aço. Bainha original em couro de tonalidade marrom escuro, com estado de conservação de 65%. No entanto, o botão de pressão da fivela de fixação da faca não está funcionando, pois perdeu a mola. A guarda não possui marcação. No ricasso da lamina é possível ver algumas letras do fabricante, mas está parcialmente apagado, provavelmente por conta de algum trabalho de afiação. Peça que visivelmente viu muito uso, provavelmente também após a Guerra. Uma ótima oportunidade para adquirir uma faca escassa da 2ª Guerra, com desenho e formato sem igual.

Comprimento total da faca 31,0cm; comprimento da lâmina de 17,6 cm; Bainha 32,0cm